Cuidando da sua Saúde


Saiba tudo sobre a Diabetes

Viva com mais saúde

O desencadeamento de diabetes tipo 1 é geralmente repentino e dramático e pode incluir sintomas como:
- Sede excessiva
- Rápida perda de peso
- Fome exagerada
- Cansaço inexplicável
- Muita vontade de urinar
- Má cicatrização
- Visão embaçada
- Falta de interesse e de concentração
- Vômitos e dores estomacais, frequentemente diagnosticados como gripe.

Os mesmos sintomas acima podem também ocorrer em pessoas com diabetes tipo 2, mas geralmente são menos evidentes. Em crianças com diabetes tipo 2, estes sintomas podem ser moderados ou até mesmo ausentes. No caso do diabetes tipo 1, estes sintomas surgem de forma abrupta e às vezes podem demorar a ser identificados. Já no diabetes tipo 2, esses sintomas podem ser mais moderados ou até mesmo inexistentes. Não se sabe ao certo por que as pessoas desenvolvem o diabetes tipo 1. Sabe-se que há casos em que algumas pessoas nascem com genes que as predispõem à doença, mas outras têm os mesmos genes e não têm diabetes. Outro dado é que, no geral, o diabetes tipo 1 é mais freqüente em pessoas com menos de 35 anos, mas vale lembrar que ela pode surgir em qualquer idade

Fatores de Risco e Prevenção do Diabetes

FATORES DE RISCO

• Urbanização crescente
• Idade maior de 45 anos (envelhecimento da população)
• Estilo de vida pouco saudável, como: sedentarismo, dieta inadequada e obesidade
• Sobrepeso (IMC - índice de massa corporal maior ou igual a 25)
• Antecedente familiar
• Hipertensão arterial (maior que 14 por 9)
• Colesterol e/ou triglicerídios maior que o normal
• História de macrossomia ou diabetes gestacional
• Diagnóstico prévio de síndrome de ovários policísticos
• Doença cardiovascular, cerebrovascular ou vascular periférica definida

PREVENÇÃO DE RISCOS

• Mudanças de estilo de vida
• Redução de peso (entre 5 a 10% do peso)
• Manutenção do peso perdido
• Aumento da ingestão de fibras
• Restrição de gorduras, especialmente as saturadas
• Aumento de atividade física regular

SINTOMAS

Aproximadamente metade dos portadores de diabetes tipo 2 desconhecem sua condição, uma vez que a doença é pouco sintomática. O diagnostico precoce do diabetes é importante pois o tratamento evita sua complicações. Quando presentes os sintomas mais comuns são:

- Urinar excessivamente, inclusive acordar varias vezes a noite para urinar.
- Sede excessiva.
- Aumento do apetite.
- Perda de peso (Em pessoas obesas a perda de peso ocorre mesmo estando comendo de maneira excessiva).
- Cansaço.
- Vista embaçada ou turvação visual
- Infecções frequentes, sendo as mais comuns, as infecções de pele.

No diabetes tipo 2 estes sintomas quando presentes se instalam de maneira gradativa e muitas vezes podem não ser percebidos pelas pessoas. Ao contrário no diabetes tipo 1 os sintomas se instalam rápidamente, especialmente, urinar de maneira excessiva, sede excessiva e emagrecimento. Quando o diagnostico não é feito aos primeiros sintomas os portadores de diabetes tipo 1, podem até entrarem em coma, ou seja perderem a consciência, uma situação de emergência e grave. Quaisquer que sejam os sintomas, um médico deve ser procurado imediatamente para realização de exames que esclarecerão o diagnostico.

Principais sintomas do Diabetes

• Aumento do volume urinário (acima de 2.500 ml por dia - observar que é volume, e não frequência)
• Sensação de sede em demasia
• Fome excessiva
• Perda involuntária de peso
• Fadiga
• Fraqueza
• Letargia
• Prurido cutâneo e vulvar
• Inflamação conjunta da glande e
• Infecções regulares

Atenção: na maioria dos casos o diabetes é assintomático.



Chame pelo Whatsapp